Secretário de Educação de Araioses (MA) Ameaça Cortar o Ponto de Quem Aderir à Paralisação

Resultado de imagem para Secretaria de Educação de Araioses Ribamar Costa de Oliveira Filho
Ribamar Costa de Oliveira Filho

Antes mesmo de iniciarem a greve por tempo indeterminado, na última terça-feira (21/08), os servidores da educação de Araioses já foram ameaçados pela Prefeitura. Um oficio assinado pelo secretário municipal de Educação, Ribamar Costa de Oliveira Filho, diz que os professores que aderirem á greve receberão as devidas faltas pelo não desempenho de suas funções. No documento, ele afirma que os profissionais que não se apresentarem em seus postos de trabalho serão descontados, em seu pagamento já no mês de agosto.

Segundo um professor, que não quis se pronunciar, a ameaça do Secretário é imoral. “Pode até ser legal, mas é imoral fazer isso conosco. Por que não vão resolver os problemas da educação, com as escolas sem equipamentos, com a falta de materiais, merenda, gás de cozinha e a violência nas escolas? Isso ninguém quer ver, mas cortar o nosso salário só porque reivindicamos nossos direitos, eles querem”, alfinetou.

O oficio diz ainda que o pagamento das férias as quais os professores reivindicam, serão pagas de forma parcelada em até dez vezes conforme decreto assinado pelo Prefeito Municipal.

Lyra Sosa

Veja a íntegra do ofício do Secretário de Educação.

Ofício Circular 199

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAIOSES

CNP] N P 06.450.191/0001-70

Rua Sete de Setembro, s/nQ – Centro

CEP: 65.570-000 – Araioses

Oficio Circular no 199/2018

Araioses/Maranhão, 21 de agosto de 2018

Assunto. GREVE DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL

Senhores Gestores,

Venho por meio deste orientá-los sobre a greve que os servid Dres municipais do Magistério de Araioses estão pretendendo instaurar no da 23/08/2018 e nos dias subsequentes.

  • — Que seja realizada dia 22/08 uma reunião por turno com todos os professores de cada escola para esclarecerem sobre a greve e sobre a data cívica do 7 de setembro (Independência do Brasil), a realização ou não do evento. Que a referida reunião seja registrada em ata e encaminhada, em caráter de urgência, uma cópia para a Secretaria de Educação;
  • — Aos professores que não aderirem à greve dev’em ministrar suas aulas normalmente;
  • — Aos professores que aderirem a greve receberão as dev das faltas pelo não desempenho de suas funções, como já esclarecido pelo presidente do SINDSEPMA, assim sendo descontado a quantidade de dias que não ministrarem suas aulas. Cabe ressaltar que o desconto já será incluso no pagamento do mês de agosto/2018;
  • — A reposição das aulas para cumprimento dos 200 dias letivos serão realizadas no mês de Janeiro/’2019, já que a ano letivo de 2018 se encerraria dia 28/12/20 8
  • — Com relação ao pagamento cas férias, estas serão pagas de forma parceladas conforrne decreto assinado pelo PreGeito Municipal;
  • — Aos alunos que comparecerem a escola e seus professores tiverem ausentes, cabe a gestão escolar realizar atividades pedagógicas a fitn de ocupar o espaço ocioso desses alunos;
  • — As rotas dos ônibus farão seus percursos normalmente, assim como todos os outros servidores da escola trabalharam normalmente.

Certo de que as explicações serão atendidas, fique com gneus votos de estima e consideração.

Atenciosamente,

Secretário de Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *