O que o Prefeito de Araioses-MA, está fazendo com os recursos do Fundeb?

 

Como se não bastasse o Prefeito de Araioses não entender de política e gestão, ainda é mal informado e mal assessorado. Ele assumiu a Prefeitura há 2 anos e a população não viu melhoras na saúde, na educação, em infraestrutura. O que vimos é a folha de pagamento da Prefeitura inchada.

O prefeito Cristino e sua equipe não pagaram os salários de Dezembro dos Professores e não informaram quando isso irá acontecer. Os Professores acostumados a serem os primeiros a receber em gestões anteriores, o que acontecia até o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado, agora na gestão atual são os últimos.

O blog tentou contato com a administração municipal para saber quando será feito o pagamento, mas ninguém do primeiro escalão do governo falou sobre o assunto e o prefeito, como sempre tem feito, se esconde para não dar satisfação à opinião pública.

Os servidores municipais querem saber o que está sendo feito com o dinheiro que entra nos cofres do município todos os meses.

“O problema aqui é que tem muita gente contratada. Temos um prefeito que em vez de governar é governado. Queremos saber como vai ficar o salário de janeiro, que será dobrado por causa do pagamento das férias. Temos compromissos para saldar. Muitas de nós sustentam filhos sozinhas”, diz uma professora revoltada com a situação.

Talvez o Prefeito e sua assessoria não saibam que os Professores e Servidores contratados, não podem ser remunerados com a parcela de recursos vinculada à remuneração do magistério. O ingresso na carreira de magistério e do funcionalismo público dar-se por meio de concurso público de provas e títulos, conforme estabelecem a Constituição Federal (art. 37, II) e a LDB (art. 67, I).

O Prefeito é proibidos de usar tais recursos do Fundeb, até mesmo para áreas imprescindíveis como saúde e saneamento básico. O transporte escolar dos alunos é de reponsabilidade dos governos dos Estados e dos Municípios.

Está na hora de trabalhar prefeito Cristino e parar de atribuir a culpa ás gestões passadas ou na oposição, diga-se de passagem, que não tem. Os araiosenses conhecem os problemas do município e não aguentam mais este discurso enfadonho e repetitivo.

“Há apenas uma maneira de não receber críticas, não faça nada, não diga nada, não seja nada.”

Aristóteles

 

Lyra Sosa

Piso salarial dos professores 2019 deverá ter reajuste de 4,17%, veja como ficará em Araioses!

O MEC e o Ministério da Fazenda publicaram a Portaria Interministerial nº 6, de 26 de dezembro de 2018, definindo novo valor per capita para o FUNDEB no ano de 2018. Com isso, a previsão inicial de reajuste do piso do magistério, estimada em 3,08%, passou para 4,17%.

O piso de 2019 é o menor desde a sua implementação. Em 2018 o índice foi de 6,81% e o valor do piso do magistério foi de R$ 2.455,35. Para 2019, com reajuste de 4,17%, o valor nominal do piso deverá ser de R$ 2.557,73. De acordo com o artigo 5º da Lei nº 11.738, o índice de reajuste tem validade a partir de 1º de janeiro de 2019.

Com base nessa estimativa o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araioses (SINDSEPMA), atualizou a tabela para o exercício de 2019.

Tabela proporcional a carga horária de 20 horas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lyra Sosa /Assessoria da CNTE.